Aprenda a resistir à compulsão por doces

Padrão

Um dos problemas que mais persegue os praticantes de dietas, seja de emagrecimento ou por motivos de doença, é a compulsão por doces.

Veja que isso pode causar sérios problemas para hipertensão, para isso é importante ter um programa de Hipertensão controlada para evitar a pressão alta

Aprenda a resistir à compulsão por doces Dicas para ajudar a driblar essa inimiga da dieta Um dos problemas que mais persegue os praticantes de dietas, seja de emagrecimento ou por motivos de doença, é a compulsão por doces.

A ingestão excessiva de doces é considerada pelos profissionais de nutrição e psicólogos um distúrbio psíquico, que é considerado tão capaz de causar dependência quanto o consumo de álcool ou drogas.

As causas que levam a este comportamento são várias: ansiedade, TPM, depressão ou simplesmente a tentativa do organismo de impedir a perda de calorias que ocorre em regimes alimentares.

Como não cair na tentação:

Primeiramente é importante afastar as tentações de você, não compre ou guarde doces em casa. O que os olhos não veem o coração não sente.

Não faça dietas muito restritivas! Dê preferencia a uma alimentação mais saudável, com alimentos naturais e que seja mais fácil de seguir continuamente, mas não se prive 100% de comer o que gosta, profissionais afirmam que a privação exagerada causa irritação, interfere na vida social do individuo e “estressa” metabolicamente o organismo, fazendo com que a perda de peso estacione com o tempo e favorecendo o acúmulo de gordura.

VOCÊ NÂO LEU ERRADO! Ficar totalmente sem doces ou massas engorda! Logo, é preciso equilíbrio para atingir seu objetivo a longo prazo.

Em uma refeição por semana, libere-se para comer seu doce sem culpa, só não exagere na quantidade.

Trocar os doces por opções mais saudáveis também é uma boa opção. Damasco, figo seco, ameixa seca egojiberry, cramberrie, são exemplos de frutas secas, que ajudam a controlar a vontade de doces no dia a dia, pois além de ter sabor adocicado, agem no cérebro liberando neurotransmissores que dão sensação de bem estar, semelhante ao que sentimos quando ingerimos doces. Mas atenção:

não é porque essas frutas são saudáveis que você deve comê-las exageradamente, afinal, frutas contem açúcar (mesmo que seja mais saudável).

O ideal é comer porções pequenas, como 3 damascos, 2 ou 3 figos, 4 ameixas secas, um punhadinho de gojiberry/cramberrie, etc.

Lembrando que frutas cristalizadas ou em calda não entram nessa classificação, pois sofrem processos industriais que as deixam muito calóricas e muito doces.

Importante: Diabéticos devem evitar essas frutas, uma vez que podem interferir na sua glicemia. Para mais informações, procure um profissional.

Frutas oleaginosas como castanha do Pará e de caju, nozes, amêndoas, e avelas são ricas em gorduras boas que além de diminuir o mau colesterol, ajudam a controlar a ansiedade e dar saciedade por mais tempo.

As porções também devem ser pequenas (entre 2 e 3 unidades).

Gelatinas também são uma ótima opção para substituição das guloseimas e além de gostosas e ricas em colágeno (evitando estrias e flacidez) tem muito poucas calorias. Também serve de base de varias receitas light deliciosas.

DICA BONUS: Em ultimo caso, escove os dentes

Após o almoço, quando bate a vontade de sobremesa, caso você não tenha alguma das opções acima para substituir o docinho, escove os dentes.

O sabor da pasta de dente ajuda a diminuir a compulsão por doces.

As dicas descritas nesse blog são para auxiliar na sua perda de peso, isso não diminui a necessidade de procurar um profissional para avaliar seu caso mais profundamente.